Geo-engenharia pra deter o aquecimento global?

environmentgraphic_121442t

Como sempre, há quem acredite que a tecnologia irá nos salvar. E como nesse time também há cientistas, muitos estão estudando soluções tecnológicas para deter o aquecimento global.

Entre as idéias, há algumas que são verdadeiramente estúpidas – no máximo caberiam em filmes de ficção científica -, como colocar gigantescos espelhos no espaço para refletir a luz do sol e esfriar a terra! Outras estão sendo investigadas.

Uma delas estava sendo investigada a bordo de um navio alemão, o Polastern, na costa da Argentina, aqui no Atlântico Sul. A idéia era liberar 20 toneladas de sulfato de ferro numa área de 115 milhar quadradas.

Estudos anteriores tinham mostrado que o sulfato de ferro, liberado por vulcões em algumas regiões, estava associado a uma maior quantidade de planktons. E, como se sabe, os planktons são um dos maiores absorvedores de CO2 que temos. Assim, o objetivo do estudo era ver se a liberaçã o de sulfato de ferro pelo homem poderia estimular o surgimento de planktons que aborvessem o nosso CO2 em excesso.

O Estudo havia sindo embargado por causa de problemas ambientais, mas foi liberado essa semana. Eles vão analisar os resultados durante seis semanas.

Nesse meio tempo, um outro artigo (para assinantes) foi publicado na Nature sobre o mesmo assunto. O projeto Crozex realizou um estudo que observava um experimento natural, qual seja, lançamento de sulfato de ferro no mar periodicamente, na região das Ilhas Crozet, ao sul da África do Sul.

O estudo concluiu que de fato o lançamento do sulfato de ferro aumentou a geração de plankton e a quantidade de carbono retido. Porém, a quantidade de carbono sequestrado a 200 m de profundidade, ainda que 18 vezes maior que num experimento artificial como o do Polastern, é 77 vezes menor que o previamente estimado. E, não só isso, a 3.000 m de profundidade, onde o carbono ficaria seguro por vários séculos, o sequestro é 3% da quantidade a 200m.

Como relata o pod cast da nature e esses posts (aqui e aqui), é a pá de cal quase definitiva sobre a idéia de que um pouco de sulfato de ferro aqui e ali podiam permitir que poluíssemos o quanto quiséssemos. Faltam os resultados do experimento aqui na costa da Argentina. Esse sim deve ser a pá de cal definitiva. Mas era bom demais pra ser verdade!

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em meio ambiente e marcado , , , , . Guardar link permanente.

6 respostas para Geo-engenharia pra deter o aquecimento global?

  1. Pingback: Geo-engenharia pra evitar o aquecimento global? « Blog de Ecologia Urbana

  2. Humberto disse:

    Devemos continuar tentando. Uma idéia que está esperando patrocinador, é a de construir Ductos ligando os oceanos diretamente ao espaço sideral.
    Imensas tubulações teriam uma extremidade submersa nos mares e a outra extremidade ficaria livre no espaço, onde sabemos, predomina o Vácuo.
    Equações da física garantiriam uma forte sucção o que ergueria quantidades monumentais de água através desses “canudos” afundados nos oceanos…

    Entre a comunidade científica, essa ídeia (por remeter ao projeto “guerra nas estrelas” )vem ganhando o nome de “milk-shake nas estrelas”…

  3. Humberto disse:

    Isso neutralizaria a elevação dos níveis dos oceanos, ganharíamos algum tempo…

  4. Humbert Serna disse:

    Como está o andamento dessa experiência com sulfato de ferro nos mares do sul? o plancton está respondendo positivamente?

  5. Não sei, pois não tive mais notícia nos blogs em que acompanho essas coisas. Mas vou procurar e assim que souber faço um novo post no blog.

  6. Pingback: Geo-engenharia: resultados do Polastern « Blog Pra falar de coisas

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s