Impressões Colombianas

Como avisei pelo Blog, estive 3 semanas na Colômbia, em Medellín. Aqui vão algumas impressões. Ah, a foto abaixo foi tirada no jogo Colômbia x Equador, junto com os amigos do Haiti, Trinidad e Tobago, Colômbia e Peru.

CIMG2606

 

1. A cidade é segura, ou pelo menos me senti em segurança. Claro que me movimentei apenas pelos bairros mais abastados. Mas não me pareceu muito diferente, em termos de segurança, do Rio de Janeiro.

2. Por outro lado, é comum todos os policiais usarem armas como fuzis (ou escopetas, não entendo muito do riscado) nas ruas, como se fosse algo normal. Se aqui eles usam o velho 38 ou uma pistola qualquer, lá é logo um fuzil. Pensei: estamos em guerra??

3. Eles têm uns projetos sociais interessantes, como instalar bibliotecas nas regiões da cidade com menor IDH. E são prédio bonitos. Dizem que reduziu a violência nessas regiões nos ano 90 e 2000.

4. Fiquei impressionado com algumas semelhanças entre o Cháves e o Uribe. Eu não vi, mas me falaram que o Uribe tem um programa parecido com o Alô Presidente”, do Chávez, em que os cidadãos falam diretamente com o Uribe sobre problemas que eles têm, e aí o presidente entra em contato direto com o local para resolver o problema.

Além disso, parece que o Uribe tem a simpatia do “povo” (seja lá o que povo queira dizer). Não vi pesquisas de opinião, mas perguntando aqui e acolá, as pessoas pareciam gostar dele: “é um trabalhador”, como disse um motorista do hotel em que fiquei.

E sem falar que ambos querem ficar no poder por mais um tempo e querem se reelegr mais uma vez.

5. Ainda no campo da comparação Venezuela-Colômbia, a sociedade colombiana me pareceu mais politizada que a n ossa, brasileira. Para ter uma idéia, a reunião da Unasur com os presidentes da Am. Sul foi transmitida ao vivo, na íntegra pela televisão. Difícil imaginar algo assim no Brasil, não? Uma reunião de políticos, de várias horas, transmitida na íntegra?

6. Por fim, estava eu vendo o jogo da Colômbia e Uruguai, pelas eliminatórias, quando uma propaganda no mei odo jogo (no canto superior da tela) me surpreendeu (não o fato de ter propaganda no meio do jogo, pois é comum): mostrava uma mulher grávida, no meio da Amazônia, aparentemente tentando fugir das FARC. E ao final, a mensagem: a solução para os colombianos terem seus direitos é a MILITARIZAÇÃO!!!. Fiquei impressionado com uma coisa dessas!

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em futebol, Política e Economia e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s