Universo, a Vida e tudo o mais

Houve um tempo em que eu alimentava o sonho de escrever um romance. Deixei a idéia de lado quando percebi que provavelmente não tinha o talento para tanto, nem estofo e muito menos a dedicação necessáira. Nesse meio tempo escrevi um countou ou dois.

Um dos problemas desse livro não escrito é que eu não tinha um personagem forte. Talvez o plot venha primeiro, sei lá, mas eu sentia que sem um personagem bom, nada feito. Como esse personagem nunca veio, deixei de lado a idéia..

E porque eu tô falando tudo isso. Bem, estava eu sozinho em meu apartamento, após ter visto um bom episódio de House, e fui olhar num dos blogs que leio sempre se havia uma resposta a um comentário meu. Só para passar o tempo. E aí eu vi que meu comentário criou uma reação em cadeia interessante e totalmente inesperada/imprevista por mim. Isso me deu uma alegira por alguns segundos e aí fiquei pensando como o ser humano às vezes tem sua vida afeta por coisas tão bestas.

Isso tudo me lembrou do personagem que eu queria ter pensado. Teria que ser uma história assim, feita de momentos imensamente bobos, mas muito significantes para o personagem, e contado de tal forma que o leitor realmente acreditasse que aquilo signifcava algo para o personagem. A dificuldade de escrever uma história assim, parece-me, é que sempre é preciso o tom certo, para evitar o ridículo ou o exagero.

E porque eu estou escrevendo tudo isso aqui? Bem, depois de tanta coisa sobre estatística, computação etc, tive vontade de escrever aqui sobre o que eu estava pensando agora. Afinal, o Blog foi criado originalmente para falar o que desse na telha (como bem disse o Marcel, o outro blogueiro), daí o nome do blog. E escrever para mim foi e sempre será como uma compulsão. Às vezes é preciso. Agora foi.

ps.: ‘Agora foi’ me pareceu perfeito, mas que parece uma contradição, ah parece…

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em literatura, Manoel Galdino e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Universo, a Vida e tudo o mais

  1. Tomás disse:

    Sem dúvida você precisa achar o Tom certo. =D

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s