O Acordo no Irã costurado por Lula

É bom ter cautela, mas se se confirmar o acordo costurado por Lula e isso ajudar a dar uma apaziguada na questão nuclear Iranina e os EUA, nem que seja por um ou dois anos (porque é óbvio que isso não é solução definitiva) será um feito incacreditável, digno de primeira página em todos os jornais.

Para entender a diemensão da coisa, é bom ter em vista que resolver problemas de segurança internacional, lá no longíquo oriente médio, nunca foi papel do Brasil nem de países do porte do Brasil. Diga a verdade, até hoje, o que foi que a Índia, ou o Canadá, ou Espanha fez pela segurança internacional fora do seu quintal?

Se o Lula conseguir mesmo um acordo, é para entrar definitivamente na história do Brasil como o melhor presidente que o país já teve, pau a pau com GV, se não melhor. Porque se é verdade que o GV foi muito mais importante domesticamente, internacionalmente não foi nenhum destaque.

Eu diria que o Lula pode até ganhar o Nobel da Paz, porque lá fora é muito elogiado também a redução na pobreza e desigualdade do Brasil no governo Lula, além da campanha eterna dele pela luta contra o fim da fome no mundo.

Mas que é ridículo a mídia não dar mais destaque, ah isso é. No Uol o corinthians vencer o grêmio tava com mais destaque que o possível acordo, já anunciado pelo chanceler turco. Se fosse o FHC, vocês imaginam a babação que seria?

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em Política e Economia. Bookmark o link permanente.

5 respostas para O Acordo no Irã costurado por Lula

  1. Rodolpho disse:

    Viva o nosso Chamberlain! Concordo que mereça primeira página: “Brazilian would-be authoritarian leader gives some more time to iranian nuclear program!”
    Bom, o Canadá criou o conceito de peacekeeping, acho que já é alguma coisa.
    Melhor que o ditador Vargas tudo bem, mas melhor de todos? Prefiro o Geisel.
    Também acho que pode ganhar o ignobel da paz, e figurar para sempre ao lado de pacifistas como Arafat e caras de pau como Al Gore.
    No momento em que escrevo este é o assunto de maior destaque na mídia, pelo menos na de centro-esquerda: Folha, Estado e Veja.
    Pare com essa choradeira de:”…ah, se fosse o Serra, o FHC…” Que que é isso meu?
    Depois é sãopaulino que reclama do juiz.

  2. Rodolpho disse:

    Minha mulher quis usar o computador e enquanto isso fui checar o noticiário televisivo e bingo!
    Lá estavam Lula e Ahmadinejad de mãos dadas sendo destaque do porta-voz televisivo da Casa Branca (vulgo CNN). Tá bom pra você ou quer mais?

  3. Você devia lembrar que eu não gosto do Lula, e muito menos do PT, embora minha avaliação atual do governo Lula é que foi um bom governo, especialmente comparado com governos pregressos, mas essa é outra história.

    Eu falei que era bom ter cautela e afirmei no condicional. Mas o ponto fundamental não é se você concorda que essa é a melhor linha de ação, mas o fato do Brasil poder ter jogado um papel relevante num assunto desses.

  4. Rodolpho disse:

    Eu não lembro de você não gostar do Lula.
    Concordo que o Brasil teve um papel relevante, mas não que isso seja necessariamente bom.

  5. Humberto disse:

    sonho com um mundo em que nenhum país obrigue outro a comprar equipamento bélico sob o pretexto de usa-lo contra ele próprio, sei que ficou algo atravessado esse comentário mas tem atualidade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s