Programa para a esquerda socialista

Rapaz, depois que tive um artigo rejeitado fiquei mais ousado. Quem diria, hein? Agora vou propor aqui a solução para todos os problemas da esquerda socialista (é irionia, viu gente?).

Em vez de se chamar esquerda socialista, devia se chamar esquerda radical. Falando sério. Não é só trocar o nome não. Explico-me.

Um dos problemas da esquerda como o PSOL é que dada a realidade das forças políticas, falar em socialismo é um discurso que gira em falso. Tirante meia-dúzia de gato pingado, parece fora de lugar. Por outro lado, não dá para simplesmente virar social-democrata ou social liberal. Foi o que o PT fez, esse lugar já está ocupado. E, pra falar a verdade, eu mesmo não quero isso aí não. Mas o pior mesmo é que, além de ser ex-PT, pelo discurso, a esquerda não tem como compor com nenhuma esquerda mais de centro, seja PV, seja parte do PT ou qualquer outro partido mais centrista, porque eles não vão conduzir ao socialismo.

E porque a mudança para radical, ao invés de socialista, mudaria isso? Primeiro porque acho que a principal diferença das esquerdas reside mesmo na radicalidade do diganóstico político e da solução. Segundo porque daria (acho) para compor num futuro. Imaginem só que o PSOL, daqui a uns 20 anos, elege 40 deputados e a presidente é a Marina. Ele vai se recusar a fazer parte da base do governo? E se for pro governo, vai fazer com que cara?

Muito melhor seria se ele pudesse ajudar um governo desses, incluindo levando ele mais para a esquerda, e não para o centro com o apoio de um PR da vida. E porque o partido radical poderia fazer isso?

Deixe-me dar um exemplo. Imaginem, em nível municipal, qual seria a política de mobilidade desse partido? Seria coisas como o passe livre, moratória viária (fim da construção de túneis, viadutos, ampliação de marginais etc.) e reorganização do espaço urbano para transformar a forma como as pessoas se locomovem na cidade.

Ou então, em nível nacional, imaginem que o partido propõe a extinção do direito autoral tal como ele é hoje, permitindo no máximo licenças como a creative commons. Dá para você ir ao governo e dizer, olha, eu tenho um programa político extenso, mas dá para deixar vocês fazerem o que quiserem no resto, mas a política de direitos autorais será nossa e a base do governo vai  votar com a gente. É nossa condição para participar do governo. Os caras vão achar radicl demais e tal, no final a solução de consenso pode ser um plebiscito para acabar com o direito autoral. Já imaginaram uma coisa dessas? Podemos até perder o plebiscito, mas a politização que vai ensejar, o incremento na qualidade do conhecimento das pessoas sobre o assunto, poderia ser sensacional. E o partido ainda ganharia experiência de fazer parte do governo, não ficaria uma eterna oposição.

Em resumo, eu acho que a esquerda mais radical precisaria dar um passo desses para ter possibilidade de influenciar políticamente no futuro. Do jeito que as coisas estão, tá complicado demais… Sei também que não é nenhuma panacéia, mas me veio a cabeça isso. Se for muita besteira, taquem o pau aí nos comentários. Agradeço.

ps.: Pode parecer contraditório, falar em radicalismo como meio para compor. Mas é justamente compor para implementar algum radicalismo e não ficar um radical só no discurso.

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em Política e Economia e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Programa para a esquerda socialista

  1. Um certo radicalismo é bom… afinal, não podemos negar que, sem eles, um mínimo de mudanças teriam ocorrido nesse país.
    Talvez estejamos precisando de uma pitada a mais… um temperinho…

    Quanto aos outros comentários, vou guardar para nossa próxima conversa na cozinha da casa da MAFÊ…

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s