Não, não, não… a premissa tá errada

todo mundo discuntindo onde é que o PSDB errou e o que ele pode fazer pra corrigir seu futuro de oposição. Onde é que a premissa tá errada?

Nisso aqui, ó: “Uma coisa é perder com 40% do eleitorado e até ficar mais quatro anos fora do poder, outra totalmente diferente é correr o risco de perder de novo, por uma margem bem maior e já no Primeiro Turno” (Blog Descurvo).

Tá certo, a gente ainda não tem pesquisas consistentes no Brasil, mas baseado no que a gente sabe dos outros países, da literatura de ciência política comparada (aqui pra outros postos do Blog com mais detalhes), dá para falar algumas coisas.

1. Tirando o voto dos eleitores com identificação partidária e ideologia, o que decide eleição é o desempenho econômico do país. Como no Brasil só p Pt tem identifcação partidária relevante, o Lula consegue ter 80% de aprovação e a Dilma vai conseguir obter cerca de 60% dos votos válidos.

2. Isso significa que o PSDB errou, que o problema é o discurso vazio, sem um programa de oposição claro etc.? Em termos eleitorais, isso não importa muito, porque com o desempenho da economia, não tem pra ninguém.

3. Isso significa que a oposição vai ficar um caco, vai ficar esvaziada e que o PSDB acabou? Não, de jeito nenhum. Vejam o que aconteceu com o Obama. A economia mal fez ele ser eleito com votação história em alguns estados, ou seja, conseguindo derrubar estados tradicionalmente republicanos e obter maioria lá. E o que vai acontecer agora, nas midterm elections? A previsão é que os democratas percam 50 cadeiras na Câmara e o partido Republicano assuma a maioria. E porque isso? É a economia, estúpido!

Então, o que o PSDB tem que fazer, simplesmente, é esperar a economia degringolar um pouco. Além disso, é olhar quais são as classes que estão ganhando menos ou perdendo com a economia do governo Lula e fazer o discurso para eles. No longo prazo, como já falei aqui, eles precisam aumentar a identificação partidária, pois ela é importante para dar estabilidade no número de votos.

Em resumo, o PSDB tem que se preocupar é se a economia nos próximos anos ficar melhor do que nos últimos 8 anos. Aí ele terá um futuro difícil pela frente. Mas o problema não é o Lula ou a Dilma, nem o discurso. É a economia mesmo.

ps.: Preocupante mesmo é a posição da oposição de esquerda…

Anúncios

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em Manoel Galdino, Política e Economia e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s