Perguntas genéricas de seminários

Sabe quando acontece aquele seminário e fica um silêncio após o término da apresentação, sem ninguém para fazer perguntas? Nesses casos eu sempre fico me sentindo pressionado a perguntar alguma coisa, mesmo sabendo que tem muitos colegas na sala e eles são igualmente responsáveis. Aí, com o tempo, eu desenvolvi algumas questões genéricas que sempre funcionam. Aproveito também e compartilho duas perguntas genérios que o Andrew Gelman colocou no blog dele.

1. Mas não tem endogeneidade na sua regressão?

2. Variantes da pergunta acima: Não tem viés de seleção na sua análise?

3. Qual é o mecanismo causal, mesmo?

Essas perguntas quase sempre funcionam e geram uma boa discussão. Por fim, as sugestões do Gelman

4. “Could you simulate some data from your fitted model and see if they look like your observed data?”

5. “How many data points would you have to remove for your effect estimate to go away?”

A pergunta 5 eu achei realmente boa. A 4 também é boa, mas acho que na maioria dos casos no Brasil as pessoas simplesmente nem saberiam como fazer simulação.

Anúncios

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em ciência, estatística, Manoel Galdino e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s