Cadastro de Gestantes e Vigilância Estatal

A presidente* Dilma editou uma medida provisória, a MP 577, no final do ano, quando ninguém estava prestando atenção (eu mesmo fiquei sabendo apenas hoje, via The Crooked Timber, um blog Gringo), que institui um cadastro universal de gestantes. Ou seja, toda mulher grávida deverá ser cadastrada, obrigatoriamente, junto ao governo. Embora a desculpa seja melhorar o cuidado pré-natal, tudo indica que a fiscalização contra o aborto será a principal consequência da lei.

Um claro retrocesso em relação à legislação anterior. Para quem quiser saber mais sobre o assunto, recomendo o artigo do Idelber e da Cíntia Smíramis, que saiu na revista Fórum.

* Com uma lei dessas, a Dilma não merece ser chamada de presidenta.

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em Manoel Galdino, Política e Economia e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Cadastro de Gestantes e Vigilância Estatal

  1. Vinícius de Melo Justo disse:

    Ninguém deveria merecer ser chamado de “presidenta”, que é um termo feio pacas. Mas acho curioso que a denominação só valha quando se faz determinada política (ah, sou contra o cadastro). Se a Kátia Abreu tivesse sido a eleita, então ninguém teria chamado de “presidenta”? A pretensa emancipação pelo gênero gramatical vale só para “@s noss@s” (como são ridículas essas arrobas)?

  2. É que a Dilma pediu explicitamente para ser tratada por Presidenta como símbolo de afirmação da mulher nuam sociedade claramente machsita, como é a brasileira. Só que essa MP vai na minha opinião justamente contra o feminismo defendido naquela ocasião. É pela contradição que fiz a menção ao presidenta. E quanto À Kátia Abreu, não sei se ela pediria pra ser chamada de presidenta. Se pedisse, eu apoiaria. Até porque seria uma das poucas atitudes simbólicas positivas que um governo da Kátia Abreu teria.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s