Câncer de Próstata

Upadate: Agradeço ao comentário do Leoni corrigindo minha informação anterior de que PSA é um exame de sangue, não de toque. Desculpem pelo erro.

Não sou médico e muito menos especialista em qualquer tipo de câncer, mas creio que é bom informar, via the Crooked Timber, que o tratamento para Câncer de Próstata aparentemente não é lá muito efetivo e que o exame do toque retal (exame de sangue) tem uma alta taxa de falso positivo – aproximadamente 70% dos testes com alto PSA não significa que o homem tem câncer de próstata.

Eu vou procurar me informar mais para saber se é isso mesmo, quem sabe até lendo uns artigos da área. Sempre dá pra entender alguma coisa se o artigo for suficientemente estatístico! Enquanto isso, seja cético quanto as informações acima, pois como falei, não sou especialista no assunto. Mas a fonte é boa, embora também venha de não especialistas em medicina. Pergunte mais coisas ao seu médico é obviamente a melhor saída.

ps.: Eu estou postando isso aqui sem ter tanta certeza porque meu avô, quando tinha uns 80 anos, teve Câncer de próstata. Eu tinha por volta de 18, 19 anos. Eu não morava mais perto dele (tinha me mudado para São Paulo) e apenas fiquei sabendo que ele tinha pensado em não se tratar, e a família o convenceu a fazer um tratamento convencional. Pouco depois (uns dois anos depois, creio), ele faleceu por outros problemas, aparentemente não relacionado com o câncer (teve um ataque cardíaco, mas tinha um úlcera também, e aí teve complicações no tratamento do ataque cardíaco).

Se eu soubesse, por exemplo, de que há uma chance razoável de que o tratamento de câncer de próstata seja pouco efetivo e de que é mais provável que você morra de outras causas, não relacionadas (aparentemente, o câncer de próstata se desenvolve lentamente na maioria dos casos), teria apoiado meu avô na decisão dele de não se submeter a um tratamento que é debilitante. Todo mundo raciocinou que ele devia fazer o tratamento, mas, com 80 anos, a qualidade de vida dos anos restante pode ser mais importante do que um aumento de uns 10% na sua chance de não morrer de câncer, sendo que muito provavelmente você vai morrer de outras causas de qualquer jeito num futuro próximo.

Anúncios

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em ciência, estatística, Manoel Galdino e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Câncer de Próstata

  1. Eduardo Leoni disse:

    Manoel – PSA é exame de sangue, não de toque!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s