Arquivo do mês: julho 2012

A delicadeza do Amor

Saiu uma resenha no Amálgama sobre o filme “A delicadeza do amor”. Gostei da resenha, mas queria acrescentar algumas coisas que me fizeram gostar um pouco menos do filme do que a crítica do Amálgama. Para retratar a o fato … Continuar lendo

Publicado em Arte e Cultura, Manoel Galdino | Marcado com , , , , , | 1 Comentário

Over

Over talvez seja minha palavra preferida em inglês. Gosto como ela se combina com outras palavras. Overreacting. Overthinking. Overlooking. Eu acho que quase nunca overreact. Por outro lado, acho que às vezes eu overthink. E creio que sou bom em … Continuar lendo

Publicado em english, orquídeas selvagens | Marcado com , , | 1 Comentário

Em homenagem à friaca paulistana

Zeca Baleiro – telegrama

Publicado em Arte e Cultura, orquídeas selvagens | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Orquídeas Selvagens

Há uma categoria aqui do blog que é “orquídeas selvagens”. Eu já falei aqui no blog que a referência às orquídeas selvagens vem do Richard Rorty. O trecho relevante do Rorty sobre as Orquídeas Selvagens é esse aqui: Eu  cresci  … Continuar lendo

Publicado em Manoel Galdino, orquídeas selvagens | Marcado com , , , , | 2 Comentários

Suspicious Minds e Paulo Leminski

Quando pedi uma sugestão de uma música do Elvis, uma amiga que está de partida para Curitiba me sugeriu Suspicious Minds. Nesse domingo frio em São Paulo, parece-meu adequado. E Paulo Leminski também: Um dia vai ser Pelos caminhos que … Continuar lendo

Publicado em Arte e Cultura, orquídeas selvagens, poesia | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Estatística sem probabilidade

Não, não é nada Bayesiano nem frequentista. É outra coisa. Ht pro Endeavour (via Twitter). Está em inglês.

Publicado em estatística, Manoel Galdino | Deixe um comentário

Belíssimo texto sobre Riquelme

No Facebook eu registrei: “Chupa Riquelme”. Mas o texto abaixo me redime. Elegantíssimo e belíssimo. Fiquei emocionado lendo o texto. Quando eu leio textos assim, quero que todas aquelas pessoas que eu gosto leiam o texto. Eu sei que nem … Continuar lendo

Publicado em literatura, orquídeas selvagens, poesia | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário