Batman, Zizek e Política

várias críticas ao último filme da trilogia do Batman tentando pensar o novo filme do morcego em relação aos temas candentes do mundo político atual, especialmente o norte-americano. De todos, porém, o que me pareceu pior é o do Zizek.

Eu teria mais a dizer sobre a crítica do Zizek além de meramente afirmar que não gostei, mas a falta de tempo não me permite desenvolver aqui minhas reservas. Deixe-me apenas linkar a críticas feita alhures ao pensamento de Zizek, especialmente a aceitação da violência por parte dele (e que transparece no texto sobre o Batman), e o fato de que ele deixa passar um componente fundamental da história do morcegão (ou qualquer super-herói), e que foi objeto de análise aqui no blog tempos atrás.

Anúncios

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em Arte e Cultura, Manoel Galdino e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Batman, Zizek e Política

  1. Silvano disse:

    Eu concordo, também não gostei da crítica dele ao filme.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s