O Caminho Não Escolhido

Um amigo, André, foi quem me apresentou ao poema clássico do Robert Frost, The Road Not Taken. É uma poema que está inclusive no filme Sociedade dos Poetas Mortos. Eu particularmente sempre procurei tê-lo em mente em minhas decisões importantes. Segue uma tradução minha (e mais abaixo o original).

A Estrada Não Escolhida

Duas estradas divergiam num bosque amarelado
E sentido por não poder ir pelas duas
Sendo eu um só, por muito tempo fiquei parado
E olhei para uma tão longe quanto pude
Até onde havia apenas um matagal no horizonte

E então escolhi a outra, tão boa quanto
E tendo talvez o melhor chamado
Pois era cheia de grama e queria uso
Embora quem passara por ali
As tinha usado o mesmo tanto

E as duas igualmente estavam aquela manhã
Nas folhas nenhum passo tinha sido dado
Oh, Eu deixei a primeira para um outro dia
Mas sabendo como um caminho leva a outro
Eu duvidei que algum dia sequer voltaria

Eu devo dizer suspirando
Em algum lugar tempos e tempos depois:
Duas estradas divergiam em um bosque, e eu,
Eu escolhi o caminho menos trilhado,
E isso fez toda a diferença

The Road Not Taken

Two roads diverged in a yellow wood,
And sorry I could not travel both
And be one traveler, long I stood
And looked down one as far as I could
To where it bent in the undergrowth;

Then took the other, as just as fair,
And having perhaps the better claim
Because it was grassy and wanted wear,
Though as for that the passing there
Had worn them really about the same,

And both that morning equally lay
In leaves no step had trodden black.
Oh, I marked the first for another day!
Yet knowing how way leads on to way
I doubted if I should ever come back.

I shall be telling this with a sigh
Somewhere ages and ages hence:
Two roads diverged in a wood, and I,
I took the one less traveled by,
And that has made all the difference.

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em Arte e Cultura, Manoel Galdino, orquídeas selvagens, poesia e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s