E não é que Dilmão mandou bem?

Gostei do Discurso da Dilma. Praticamente não tenho reparos. Era difícil. Ontem à noite, no twitter, @relances perguntava: que vocês recomendam pra Dilma falar? Mudo estávamos, mudo continuamos. Ninguém sabia direito o que falar ou fazer. Mas ela matou no peito, botou a bola no chão e fez o jogo andar. Agora o jogo é jogado. Minha impressão é que aos poucos as manifestações vão refluir e o discurso dela vai ficar como aquele que entrou no momento certo para botar os pingos nos is e limpar o meio de campo. Veremos.

Word Cloud Discurso da Dilma

Word Cloud Discurso da Dilma

O discurso foi sóbrio e sereno. E com várias sutilezas. Ela não usou, por exemplo, a palavra vândalo*. Usou “arruaceiro”. Dá no mesmo, claro, mas a Globo usa tanto o termo que quem é mais de esquerda já fica meio contra quando usa o termo. Mas ela precisava falar pro brasileiro médio, que gosta de ordem. Arruaceiro caiu como uma luva, nesse sentido.

Fez promessas, mas soube navegar entre o vago e o específico. Falou em reforma política, endereçando a crise de representação. Mas foi vaga, o que foi bem, pois quem é que entende de sistema distrital misto, financiamento público de campanha, prévias, entre outras coisas? E afinal, as demandas eram mesmo vagas.

Foi específica na questão dos Royalties do petróleo, e de cara pressionou o congresso a aprovar a medida (que já tinha sido reprovada antes). Ou seja, usou os protestos pra avançar sua agenda em algo que nem tava na pauta dos protestos. É claro que vai ter retaliação da base aliada. De repente cai a PEC 37, que contava com apoio do governo. Mas como isso estava na pauta, é bom também pra acalmar o povo.

Falou de plano nacional de mobilidade, tema principal dos protestos. E em se reunir com as lideranças. Agora a agenda vai mudar pra deixar de falar dos protestos para saber quando ela se reúne. Quem são as tais lideranças? Lideranças de quais cidades? Como é que se elege elas? Enfim, muda a agenda e aproveita a confusão das massas pra concentrar o foco em outras coisas.

Fez ainda uma promessa que não resolve nada, os tais médicos do exterior. Se não for de Portugal, eles vão falar português como? Enfim, abobrinha, mas creio que está bem no nível das demandas dos protestos. Raso, superficial e bem intencionado. Era preciso uma dessa também. O povo vai gostar.

E falou também da Copa do Mundo. Era um tema difícil, mas que nos lembrou de uma coisa importante. Os gringos são nossos convidados. Quando vem um convidado, você não mostra a bagunça que tá sua casa nem fica expondo as desavenças na frente deles. É questão de educação. Ela nos chamou a fazermos isso com os gringos. É claro que o Blatter merece um chute no traseiro, junto com todos os ladrões da FIFA. Mas não seremos nós, agora, que iremos mudar algo na FIFA. Enfim, não sei se vai colar, mas foi boa a tentativa.

Afastou de uma vez a galera que tava viajando falando em golpe. As instituições democráticas em nenhum momento estiveram em risco. Reforçou a importância das instituições e se mostrou aberta, bem diferente do Haddad. Nesse ponto, os erros dele foram até úteis, para fazer o contraste. Em terra de cego, quem tem um olho é rei. Vamos esperar os próximos acontecimentos, mas minha sensação é que com o fim de semana chegando, o timing foi perfeito. Os protestos vão diminuir, e se ela tiver sorte, ainda cai uma chuva forte no fim do dia e começo da noite na segunda-feira nas principais capitais do país. Estaremos todos mais calmos semana que vem. E, acreditaremos, menos perdidos.

*Falou “vandalismo”, é verdade. Mas pra mim caiu diferentemente.

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em Política e Economia e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s