A representatividade das pesquisas de opinião

Muito já se falou sobre a representatividade das pesquisas de opinião e intenção de voto. Eu não tenho muito a acrescentar, mas  um comentário lá no blog do Gelman resume a coisa toda:

A known probability sample is sufficient but not necessary. What is necessary is that the selection be (conditionally) independent of the outcome. If so, the sample is (asymptotically) informative for the population no matter how twisted and narrow the selection (so long as it is large enough). If this is not the case, parametric assumptions are needed.

E isso é tudo. Ah, e lembrem-se da distinção entre condição suficiente e necessária. Se eu digo, “Se chove, então o chão fica molhado” (Se A, então B), Chover (A) é suficiente para o chão ficar molhado (B), mas não necessário. Afinal, o chão pode ficar molhado sem chuva (que o digam as mangueiras paulistanas molhando as calçadas).

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em estatística, Manoel Galdino e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s