Mashmallow para o Brasil

Tem um experimento famoso em psicologia (e como muitos deles, acabaram não replicando) em que crianças são expostas a um mashmallow e o cientista diz que, se elas esperarem 15 minutos sem comer o mashmallow, ganham um segundo em seguida. Descobriu-se (sic) depois que havia uma correlação entre quem tinha capacidade de postergar o consumo para obter uma recompensa maior no futuro e desempenho escolar. O experimento não replicou, e a ironia da coisa é que, como aponta a matéria do Vox linkada, a sociedade queria uma solução fácil e rápida para os problemas educacionais e “ensinar paciência” pareceria ser essa solução mágica.

Lembrei desse experimento ao ler esse tuíte do Lobão:

A direita brasileira viu uma oportunidade de chegar ao poder (seu mashmallow) e não se fez de rogada em comer tudo e se lambuzar com ele o mais rápido possível. Agora estão tendo uma dor de barriga e começam a ficar arrependidos.

Em breve vão inventar alguma nova solução, rápida e fácil, que vai resolver nossos problemas. Como foi quando tiraram a Dilma. Sério, a elite brasileira precisa resistir aos mashmallows, para obter uma gratificação maior lá na frente. É construindo instituições melhores e tornando o jogo da democracia mais benéfico para os políticos que iremos avançar. Tem toneladas de estudos científicos apontado nessa direção.

Mas talvez seja nossa tradição antropofágica que nos leva a querer deglutir rápido a nós mesmos. Deus nos dibre.

Anúncios

Sobre Manoel Galdino

Corinthiano, Bayesiano e Doutor em ciência Política pela USP.
Esse post foi publicado em Política e Economia. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Mashmallow para o Brasil

  1. Obrigatorio disse:

    Mas o experimento nao foi replicado, eles podem comer todos os marshmallows que quiserem que nao necessariamente vai afetar seu futuro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s