Arquivo da categoria: english

Sentences to ponder

Look, the current system is filled with bright, capable people and produces good work at all levels. But the incentives for learning are seriously messed up. Consider failure, for example. Failure is an important part of the learning process, but … Continuar lendo

Publicado em english, Manoel Galdino | Marcado com , , | 1 Comentário

Minha vida pelas tirinhas do xkcd

Gente, acho que minha vida pode ser resumida pelas tirinhas do Xkcd. Quem sou, o que espero da vida, meu passado. Imaginem as tirinhas como um filme, embora não necessariamente linear. Aqui eu sou a menina…

Publicado em english, internet, orquídeas selvagens | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Links: Bayes e estimadores robustos

Uma boa pergunta e excelente resposta no Cross Validated (site irmão do stack overflow). E, num comentário, um link para uma pergunta e repostas mais interessantes ainda. O ponto geral dos comentários, pelo que entendi, é que estimadores Bayesianos robustos … Continuar lendo

Publicado em english, estatística | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Links

Really nice post about leaving Brazil. A Alemanha também é uma jabuticaba (só aqui no Brasil edition) Belo texto do Gregório Duvivier sobre o conservadorismo nas eleições. Uma viagem a se fazer. Celular causa câncer/Alzheimer? (ainda cético, leiam por conta … Continuar lendo

Publicado em english, Manoel Galdino | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

Recaptcha: o poder da internet

Publicado em english, internet | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

To the (truly?!) geekies out there

Via Xi’an’s blog, I found this Phd Thesis. I just took a look at the abstract. It’s a combination of Bayesian statistics, machine learning/Artificial intelligence and Real-Time-Strategy Game MMOPRG (see comment below)! And the game in question is StarCraft! One … Continuar lendo

Publicado em english, estatística, orquídeas selvagens | Marcado com , , , , , | 4 Comentários

Model-free statistics

De vez em quando eu percebo, tanto no mercado quanto na academia, uma reverência por métodos estatísticos “model-free”, ou “assumptions-free”, ou não-paramétricos. Eu, que prefiro abordagens baseadas em modelos, sempre tive desconforto com essa reverência, mas nunca fui capaz de … Continuar lendo

Publicado em ciência, english, estatística | Marcado com , , , , , , , | Deixe um comentário

Um poema e uma lista de filmes

Um mini poema e uma lista de filmes – que de besta só tem a chamada, falando de diamantes pro Cérebro (?). A lista. O poeminha We’re afraid Our deepest fear Of the loneliness said There’s no dear We only … Continuar lendo

Publicado em Arte e Cultura, english, orquídeas selvagens, poesia | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Hume, Kant, Causality in Statistics and the no-free-lunch theorems

Note: In what follows, I take some notes on some thoughts about how learning is possible. My notes try to connect Hume, Kant and Nietzsche with statistics (Bayesian inference and causal models) and computer science (machine learning results like the … Continuar lendo

Publicado em ciência, english, estatística, orquídeas selvagens | Marcado com , , , , , , , , , , , , , , | 2 Comentários

Louis Armstrong and Segregation

Limpando minha caixa de e-mail, deparei-me com esse texto do NYT. The Day Louis Armstrong Made Noise By DAVID MARGOLICK Published: September 23, 2007 FIFTY years ago this week, all eyes were on Little Rock, Ark., where nine black students … Continuar lendo

Publicado em Arte e Cultura, english, Política e Economia | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário