Arquivo da tag: livros

Livros de 2016 (e 2015…)

Se eu fosse bom em escrever, ia conseguir resumir em poucas linhas os livros que li em 2016 (e 2015, porque minha memória é ruim e tem livro que devo ter lido em 2015 e acho que foi 2016). Como … Continuar lendo

Publicado em Política e Economia | Marcado com , , , , | Deixe um comentário

Martin Amis

Creio que a primeira vez que ouvi falar no Martin Amis foi no livro de memórias do Christopher Hitchens. Eu já conhecia o Ian McEwan, outro autor bastante citado pelo Hitchens. Então fiquei curioso para ler algo do Martin Amis. … Continuar lendo

Publicado em Arte e Cultura, literatura, Manoel Galdino, orquídeas selvagens | Marcado com , , , , , , | 1 Comentário

O que ando lendo

O Amor nos Tempos do Cólera, Gabriel Garcia Marquez. Terminei de ler o livro e é realmente muito bom. Mas eu fiquei com a impressão de que às vezes os personagens são um pouco inconsistentes. O narrador onisciente diz uma … Continuar lendo

Publicado em Arte e Cultura, literatura | Marcado com , , , , , , , , | 3 Comentários

Leituras

Minhas leituras mais recentes, no caso improvável de vocês estarem interessados. Não vou dizer, como faz o Cosma Shalizi, que eu não teho bom gosto. Mas provavelmente meu gosto é heterodoxo e, portanto, coloquem um grãozinho de sal nas minhas … Continuar lendo

Publicado em literatura, Manoel Galdino, orquídeas selvagens | Marcado com , | Deixe um comentário

Dê livros no semáforo

O Marcel me disse que nunca tinha me visto chorar. Me surpreendi um pouco, pois choro fácil. Talvez sozinho. A Fernanda, amiga, disse que acha estranho expor a intimidade na internet num blog. Deve achar estranho eu falar de choro. … Continuar lendo

Publicado em Arte e Cultura | Marcado com , , | 4 Comentários

livros que eu li

Queria listar quantos e quais livros eu já li. E aproveito pra compartilhar com vocês. Compartilhem comigo os livros que leram, especialmente os que não li, mas devia ter lido. O número na frente do autor aponta para o número … Continuar lendo

Publicado em literatura, Manoel Galdino | Marcado com , , , | 4 Comentários